Sua melhor fonte de informações do ator Chris Evans

Acompanhe nas redes sociais

USA Today: Chris Evans abandona o escudo para Gifted
USA Today: Chris Evans abandona o escudo para Gifted

Como Capitão América, Chris Evans já lidou muito com o líder linha-dura da S.H.I.E.L.D. Nick Fury, que bota ordem no universo da Marvel. Mas, a raiva de Fury não se compara com a força impositiva no set de Gifted, filme do Chris, de McKenna Grace, ao manter promessas dentro do jarro.

“McKenna deixa claro que ela não é fã de palavras feias. Ela é igual um cão caçador, sempre prestando atenção a isso”, Evans diz. “É difícil perceber o quão frequente falamos palavrões, é algo interno. Essas coisas saem que a gente nem percebe”.

Apesar da boca suja fora das câmeras, Evans traz um lado inteiramente novo nas câmeras em Gifted (em cinemas selecionados essa sexta-feira incluindo Nova York, Los Angeles, Dallas, Washington, São Francisco, Chicago, Boston e Filadélfia; e sai nacionalmente dia 12 de abril), que retrata o emocionalmente afetado Frank Adler, tio e guardião de uma jovem gênio Mary, interpretada por Grace.

O Diretor Marc Webb, que foi de alguns filmes indies (500 Dias com Ela) e dois Espetacular Homem Aranha, disse a Evans para mostrar toda a força que ele é capaz em Gifted. Principalmente, Evans também é capaz de trabalhar com o peso de ser um super-herói.

“Se atores são conhecidos pelo mundo de um jeito, isso traz uma pequena bagagem. É certo que as pessoas gostem de Chris dessa forma”, diz Webb. “Isso é uma nova dimensão para ele. Ele se torna emocional. Tem um momento em que ele chora, e isso não é algo que pelo que o Capitão América é conhecido”.

Durante uma cena poderosa com McKenna, Frank pisa em uma peça de lego e fica se remoendo.

“Meu personagem é muito humano, alguém com defeitos e dificuldades reais”, diz Evans. “O problema que Frank tem são muito maiores do que salvar o mundo de alienígenas”.

O ator de 35 anos está procurando uma solução nessa estrada de super heróis. Ele está se preparando para se vestir novamente para Os Vingadores: Guerra Infinita que estreará em 2018, com a produção já em andamento. Em seguida, para Os Vingadores 4, que sairá em 2019, o qual é o último filme do Chris no contrato da Marvel.

Usando uma camiseta apertada, Evans já mostra resultado do seu treinamento, ele também menciona que está querendo estender seu contrato com a Marvel. Mas ele não vai surtar se não der certo.

“Eu me sinto sortudo em fazer parte desse capítulo, de algo sem precedentes na história do cinema”, diz Evans sobre atuar na era que a Marvel dominou.

Ele começou o ano de 2017 cheio de emoções. Começou com fevereiro com um vídeo que se tornou viral dele celebrando a vitória dos Patriots, a milagrosa vitória no Super Bowl (“Eu extrapolo nas minhas emoções”), seguido do anúncio dele anunciando seu namoro de nove meses com a sua co-estrela de Gifted, Jenny Slate.

“Relacionamentos são complicados, tem muitas peças em movimento”, diz Evans sobre o relacionamento. “Eu sou muito grato por tê-la conhecido”.

Chris planeja se manter ocupado com Os Vingadores e nas gravações de Jekyll, que tem Ellen DeGeneres como produtora do projeto.

Mas primeiro, ele precisa pagar sua dívida de palavrões “É 463 mil dólares, mais ou menos”, Webb disse. “Porque você acha que ele está fazendo Os Vingadores?”, ele brinca.

Evans calcula de forma diferente “É um dólar para cada palavrão comum, cinco para coisas mais f*rradas. No geral deve ser uns 100 dólares”.

Fonte

Tradução: Flávia Coelho.
Créditos: Chris Evans Brasil.

06/04/2017

Postado por Flávia Coelho

Deixe seu comentário